Bitcoin. “Febre de investimento terá final infeliz” disse Buffett Bitcoin. “Febre de investimento terá final infeliz” disse Buffett
Word 2016, Excel 2016, PowerPoint 2016, OneNote 2016, Outlook 2016, Publisher 2016, and Access 2016. http://www.cdkeypascher.com http://www.cdkeypascher.com/office-2016-3-product-key/ cheap windows 10 key http://www.productkeysale.com http://www.mmkey.net cheap windows 10 key

Clipping

  • Bitcoin. “Febre de investimento terá final infeliz” disse Buffett

    O megainvestidor Warren Buffett deu um recado duro à plateia durante encontro de acionistas de seu grupo, o Berkshire Hathaway, realizado no fim de semana, nos Estados Unidos: a busca por lucros por meio das criptomoedas, conhecidas como bitcoins, é uma “demência”.  Segundo o megainvestidor, trata-se de um ativo que não agrega valor à economia, como fazem as ações de empresas, por exemplo. Em respostas que não pouparam adjetivos pouco lisonjeiros ao bitcoin, que considera puramente especulativo, o investidor frisou que esse tipo de negócio “é veneno de rato ao quadrado”. Apesar da oposição de Buffett, as criptomoedas vêm ganhando terreno: em 2014, o bitcoin valia US$ 600; hoje, é negociado a cerca de US$ 10 mil. Buffett, que já tinha comparado a bitcoin ao ouro, foi ainda mais longe: ele comparou a febre das moedas digitais à das tulipas, no século 17, nos Países Baixos. Logo após a introdução das tulipas no solo holandês, ampliou-se a venda de bulbos da flor. A procura foi tamanha que, por volta de 1630, surgiram contratos futuros de tulipas. Anos mais tarde, diante da redução da confiança nesses contratos, eles perderam seu valor, levando muita gente à falência. Diante das duras críticas de Warren Buffett, o valor do bitcoin, que havia chegado próximo da marca de US$ 10 mil nos últimos dias, caiu 6% no domingo e mais 2% ontem, fechando o dia a US$ 9,3 mil.  Ao responder a uma pergunta da plateia, o investidor afirmou que o bitcoin e outras moedas digitais vão levar seus investidores a “finais infelizes”. Ele também deu a entender que os entusiastas das criptomoedas são jogadores, e não investidores com intenções sérias. (Estadão 7/5/18)


  • Jurisprudências

    Direito de regresso no caso de insolvência

    Agravo de instrumento n. 2004.033451-8, de Blumenau. Relator: Des. Sérgio Roberto Baasch Luz. AGRAVO DE INSTRUMENTO ¿ AÇÃO DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE ...

    Leia Artigo Completo